nho Resistente Existencial: (1787) Sócrates só custa 1 cêntimo

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

terça-feira, julho 12, 2005

(1787) Sócrates só custa 1 cêntimo


O nosso primeiro-ministro é um bocado como a publicidade da PT. Apresenta-se de forma grandiosa, prometendo mundos e fundos. Maravilhas ao virar da esquina. É agradável na imagem e atractivo na linguagem. Transmite "novo", transmite "confiança", transmite "competência". No entanto, Sócrates vem sempre acompanhado de umas letrinhas pequeninas, ao jeito de um bom outdoor. Afinal, é só um cêntimo no horário económico. Afinal, o primeiro minuto são quase nove cêntimos. É como dizer, "Não vamos aumentar impostos". Até ao final do ano. Para além dos que já estão previstos. Tudo dentro da ambiguidade das regras, mas ligeiramente manhoso. O mais engraçado é constatar que provavelmente Sócrates não tem alternativa. Se diz tudo, é vaiado. Se diz mal, arriscavamo-nos que um dos outros líderes (Deus nos livre!), vendesse melhor a ideia dele.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)