nho Resistente Existencial: (1776) Horríveis declarações

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

quinta-feira, julho 07, 2005

(1776) Horríveis declarações




"O cardeal português José Saraiva Martins, prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, do Vaticano, disse ontem em Lisboa que é "horrível" as crianças adoptadas por casais homossexuais não terem "um pai e uma mãe" - um homem e uma mulher.(...) Instado a comentar as recentes leis espanholas que permitem o casamento de homossexuais, o cardeal disse que é uma questão de "bom senso" e de uma "sã antropologia" que as crianças possam viver com casais compostos por um homem e uma mulher, embora afirmando que se devem "respeitar" as pessoas e as suas opções."

Nota: quanto à "sã antropologia", se o José Saraiva Martins se dignasse a tirar a cabeça da areia do chão da Sé, constataria que existem em Portugal e em todo o mundo inúmeros modelos de organização familiar em que as crianças não são educadas directamente por um homem e por uma mulher. Quanto ao "bom senso", também seria fácil concluir que nem todas as crianças provindas destas famílias sofreram horrores. O horror ou a felicidade não dependem do sexo de quem educa, mas do amor (ou falta dele) que são oferecidos às crianças. Enfim, há coisas que parece que levam milhares de anos a aprender.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)