nho Resistente Existencial: (1768) O que é que é preciso mais?

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

segunda-feira, julho 04, 2005

(1768) O que é que é preciso mais?


   Depois de João Alberto Jardim ter apelidado:

      Os continentais de "cambada de bastardos";

      O Governo de "loucos";

      Os jornalistas (mesmo que só alguns) de "filhos da puta";

      e ter dito que não queria chineses e indianos na Madeira,

   que mais é necessário para que as instituições e/ou os visados comecem a agir? Que o Presidente Regional bata em alguém em directo? No que diz especificamente respeito ao Presidente da República, temos de novo a política do "deixa andar", enquanto o PSD demarca-se, mas sem criticar directamente, mostrando que Marques Mendes é moralista, mas só para alguns. Este é o perigo dos demagogos da obra feita, que nos últimos tempos se têm mostrado amplamente, de norte a sul, da esquerda à direita. É que ganha-se uma estrada ou uns electrodomésticos, mas a democracia vai sofrendo. E um dia os ataques deixam de afectar só alguns, e passam a tocar a todos. Depois de Santana ter sido "dissolvido" por um acumular de trapalhadas, achará Sampaio que a situação de Jardim é menos grave e sistemática? Eu acredito que João Jardim seria reeleito se fosse demitido. Que aproveitaria para se vitimizar e até poderia reforçar a simpatia que tem na Madeira. Não interessa. Seria um sinal de que há limites, um grito de "basta", um lembrar de que quem não se cala não consente.

Ps. O silêncio de Sampaio é o mais grave, até porque: " Compete ao Presidente da República (...) d) Dirigir mensagens à Assembleia da República e às Assembleias Legislativas das regiões autónomas e, já agora, j) Dissolver as Assembleias Legislativas das regiões autónomas, ouvidos o Conselho de Estado e os partidos nelas representados"

Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)