nho Resistente Existencial: (1685) Não há operação de marketing que valha

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

quarta-feira, maio 25, 2005

(1685) Não há operação de marketing que valha



03/02/2005 - José Sócrates (candidato a Primeiro-Ministro): "Não estou de acordo com subida de impostos."


05/03/2005 - Campos e Cunha (Ministro das Finanças): A subida dos impostos é "praticamente inevitável. A subida dos impostos é uma possibilidade a encarar. Não como primeira medida mas, se necessário for, pelo menos no médio prazo"


14/04/2005 - José Sócrates (Primeiro-Ministro): "Não vamos aumentar os impostos porque essa é a receita errada". "Não vamos cometer os erros do passado".


24/05/2005 - José Sócrates (Primeiro-Ministro): "Vamos cumprir o nosso programa eleitoral com uma excepção: o aumento dos impostos", declarou José Sócrates aos dirigentes socialistas, de acordo com fonte da direcção do partido, citada pela Lusa.


   Depois de tudo isto, não há credibilidade que resista. Só resta uma saída a Sócrates: triunfar em toda a linha, ou cá estaremos, em 2009, para o julgar.

Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)