nho Resistente Existencial: (1687) Défice #1 (o acessório)

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

quinta-feira, maio 26, 2005

(1687) Défice #1 (o acessório)


   Ainda há minutos ouvi o Ministro das Finanças dizer que já esperava ter que aumentar os impostos mal tomou posse. Claro que acrescentou que não esperava o número agora conhecido, mas não fingiu uma surpresa que qualquer cidadão mais informado sabe ou percebe que é uma falácia propagandística. Só há duas razões para o que vem acontecendo. Em primeiro lugar, uma motivação eleitoralista. Se falasse em aumentar impostos, provavelmente Sócrates não teria maioria absoluta. No entanto, caso o tivesse feito, poderia usufruir duma legitimidade reformista histórica, em vez de manchada de credibilidade desde o início. Segundo, não houve consenso sobre as medidas a aplicar dentro do partido e dentro do Governo. Quando se percebeu que a vida dos "sacrifícios" era inevitável, foi montada uma operação mediática de larga escala, com o objectivo de suavizar o choque da quebra de promessas eleitorais e justificar uma grande dose de medidas impopulares. O relatório Constâncio é isso mesmo e pouco mais.

   Quem viu Sócrates ontem no parlamento não pode ter dúvidas disto. O homem vence facilmente os debates porque fala directamente tendo em conta as câmaras. Na verdade, a (fragilizada) oposição não o pode vencer porque ele nem os considera, não entra num verdadeiro diálogo. Pensa apenas no efeito dos campos e contra-campos das peças noticiosas. Nisso, trata-se de um excelente actor político, característica essencial mas também perigosa, de desconfiar. Perante tal cenário, alguma insegurança é inevitável, porque nunca sabemos onde acaba a intenção governativa e começa a propaganda política, como se fossem duas faces indissociáveis da "moeda Sócrates". Pessoalmente, mantenho o sentimento que trago da campanha. Este novo Governo tem qualidades e potencial, mas as nossas aspirações devem ser muito moderadas em relação ao seu desempenho.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)