nho Resistente Existencial: (1648) Que tipo de Gay és?*

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

terça-feira, maio 10, 2005

(1648) Que tipo de Gay és?*


   Um teste introspectivo que vale a pena fazer:


A) «O modelo cultural profundo construiu a "bicha": o homossexual que, à falta de outros referentes e modelos, se vê compelido a feminizar-se: "se não sou como os outros homens, é porque sou como as mulheres".»


B) «(...) para certos meios burgueses, fortemente permeados pela cultura laica da medicina e do direito, há outra criatura, que é o "homossexual": alguém que tem o direito a ser respeitado, que talvez fosse bom aconselhar a curar-se, ou que pelo menos é desejável que não mostre muito o que é. O direito à privacidade torna-se numa imposição controladora ("podem fazer o que quiserem, mas não o mostrem"). Esta classificação do homossexual é muitas vezes incorporada pelos próprios homossexuais. »


C) «A terceira personagem podia ser o "Gay". Só o facto de a palavra ser estrangeira já diz muito: o "gay" viajou, ou viveu no estrangeiro, ou pelo menos tem um espírito iluminado pelas artes, pela política emancipadora ou pela ciência social, espírito esse que é comum ao Ocidente moderno. Para ele, o pessoal é definitivamente político, e antes das lutas de classes e outros compromissos políticos, percorre um longo caminho pela afirmação de um identidade de prazer, corpo, afectos. »

   Texto de Miguel Vale de Almeida, Outros Destinos, p. 249/250.

* A divisão do texto (corrido no original) e enquadramento com as imagens do Queer As Folk é da minha responsabilidade.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)