nho Resistente Existencial: (1628) Por outro lado #1

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

terça-feira, maio 03, 2005

(1628) Por outro lado #1


   A recusa de Sampaio em marcar o referendo para a despenalização/descriminalização da I.V.G. representa uma limitação da vontade popular. Ou seja, Sampaio acha que os eleitores não se vão (naquele contexto temporal) interessar por esta questão, por isso recusa dar-lhes o poder decisório, indo também contra a vontade do poder legislativo. Ao contrário do caso da limitação dos mandatos, ninguém levou um dedo que fosse a tocar nesta vertente do tema. E a inacção continua.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)