nho Resistente Existencial: (1516) Lobo Xavier mentiu

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

quinta-feira, março 31, 2005

(1516) Lobo Xavier mentiu


   Ontem, no programa Quadratura do Círculo, discutiu-se a questão da interrupção involuntária da gravidez (ou do aborto, se preferirem - nestas questões, a semântica é relevante). Lobo Xavier disse o que diferenciava o PS do BE e PCP nesta matéria era que estes partidos defendiam o aborto até "à véspera do nascimento". Felicitava inclusivamente o PS pela sua "moderação". Numa só cajadada, o dirigente do PP convocou duas imagens habituais. A primeira, a da esquerda que quer "assassinar" os bebés prestes a berrar. A segunda, dos partidos à esquerda do PS como "grupelhos" radicais e perigosos. Contudo, leio o Público de hoje e deparo-me com o seguinte: "A proposta [do PCP] prevê o termo da gravidez até às 12 semanas a pedido da mulher. (...) A posição do BE é semelhante (...)". Acrescenta-se ainda que "O PCP repetiu o projecto de lei dos últimos anos". Portanto, Lobo Xavier não disse a verdade e participou num lamentável processo de contaminação da opinião pública, posição particularmente condenável tendo em conta os seus apelos ao respeito pela gravidade do tema. Se vai debater assim, começa mal.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)