nho Resistente Existencial: (1465) Ainda as Mulheres e o Governo

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

terça-feira, março 15, 2005

(1465) Ainda as Mulheres e o Governo


   Este texto serve não só para as mulheres, mas para as minorias. Ou melhor, para a sua representatividade social. O argumento da competência é lógico mas não chega. Ninguém com bom senso duvida que é possível encontrar mulheres para todos os cargos. Aliás, se vamos falar de competência, basta ver como, enquanto as deixam, as mulheres se saem - academica e profissionalmente - melhor que os homens. A questão não é essa, mas outra. Todos reconhecem que há barreiras implícitas na sociedade que impedem que as mulheres desempenhem com facilidade cargos de chefia e responsabilidade. Vá, até podiamos dizer que o governo X ou Y não teve mulheres por acaso. Mas não é um, são todos. E é assim em todos os sectores da sociedade, especialmente nos tradicionalmente dominados por homens. E sim, há preconceito, há dificuldades em trabalhar de igual para igual. Querem um bom exemplo disso no Governo de Sócrates? As mulheres presentes estão nos ministérios do costume, dando corda ao velho chavão da "sensibilidade" e "adequação" das mulheres para as áreas sociais ou da cultura/educação. Mais uma vez, não estaria a dizer isto se fosse pontual. Mas não é.

   O estado deve favorecer, facilitar e impulsionar a quebra destas barreiras. Em suma, deve dar o exemplo. O seu empurrão é parte fundamental para melhorar a representatividade na sociedade. Ou não serve o Estado para benificiar e fazer desenvolver a sociedade em geral? Obviamente que quem defende o desaparecimento do Estado não pensa assim. Há muito tempo que a direita percebeu que pela limitação dos direitos não vai lá. Há aquelas coisas de bloqueio, as tais Constituições. Então é mais fácil fazer de conta que não há desigualdade, nem preconceito, e que a lei já protege toda a gente. Mesmo que na realidade seja só na letra.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)