nho Resistente Existencial: (1401) Na televisão

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

terça-feira, março 01, 2005

(1401) Na televisão


   ..., mais exactamente nos telejornais, populam aquelas reportagens sobre os mais desfavorecidos da vida, quase sempre num tom exibicionista. O objectivo é alimentar o espectador com sensações de piedade e simultaneamente de choque/abjecção. O efeito compensador é este sentir-se duplamente bem, primeiro porque se comove e deseja o bem daquelas pessoas, segundo - e especialmente isto - porque se sente em segurança visto não pertencer aquele mundo para lá do vidro do ecrã.
   Só que também existe o reverso destas reportagens, as peças sobre ricos. Ainda no outro dia apanhei duas assim, uma que falava sobre o nível de vida na Bélgica, rematando-se todas as ideias com a asserção de um estado muito eficaz. Estão a ver a conclusão lógica que se pede ao leitor? Noutra, entrevistas a ricos ingleses a louvar os baixos custos de fazer golfe em Portugal. Os comentários que se pretendem despertar também me parecem óbvios. Com a exposição mais favorecidos, pretende-se despertar sentimentos de rejeição e revolta no cidadão comum, o que na maior parte das vezes não é mais que dar azo a um dos traumas nacionais, a inveja daquele que é mais bem sucedido. Obviamente que tais reportagens só fazem sentido num público de classe média/média-baixa. Com os nossos telejornais, não estamos longe do conceito de verdadeiros produtos, como complementos às refeições.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)