nho Resistente Existencial: (638) O Oculto e a Homossexualidade (Viva La España)

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

sábado, outubro 02, 2004

(638) O Oculto e a Homossexualidade (Viva La España)


   Dizia um padre numa notícia recente que os anúncios eróticos deviam ser proibidos nos jornais. Afirmava que as poucas (!) pessoas que recorrem à prostituição sabem onde ir (deve ser algo inato) e deviam fazê-lo "escondidas na vergonha". Ainda por cima, dizia o padre, aquelas mulheres estavam a ser exploradas por alguém. Falhou foi em dizer em que é que esconder mais a prostituição ajudaria a eliminar tal evidência.

   Mais do que valorizar estas disparatadas afirmações, tomo-as como um exemplo de uma ideologia que facilmente tem sido usado pela Igreja contra os homossexuais. Aquilo que está oculto não corrompe a sociedade, não "infecta". Obviamente que os homossexuais são cidadãos que apenas querem ter os direitos de todos, e seriam os primeiros a querer que aquilo que fazem em privado não tivesse importância na definição dos seus direitos sociais e cívicos. Em suma, não fariam mal a ninguém. Este "infectar" de que fala a Igreja e uma grande parte da Direita não é mais que preconceito e hipocrisia sob a capa de um disfarce político e social. No fundo é quase inocente, promover a ideia que a homossexualidade (ou a prostituição, ou o consumo de drogas) não existe. Acima de tudo, é uma ideia muito pouco cristã, se tomarmos em conta o cerne de tolerância desta religião

   No dia histórico em Espanha, onde os homossexuais conseguiram num só dia (casamento homossexual e direito à adopção) o que aqui provavelmente ainda demorará alguns anos, o que disse a Igreja? Que tal medida iria corromper a sociedade. Houve um padre que falou em "Vírus". A mesma lógica do padre dos anúncios. Mas nós, que nos sabemos poucos corrosivos, poderemos esperar pelo verdadeiro alcance da medida de Zapatero: mostrar a Portugal que Espanha não vai apodrecer por causa destas leis, mas sim ficar um estado mais justo e tolerante. Pode ser que aí o exemplo seja pedagógico.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)