nho Resistente Existencial: (630) Páginas Soltas

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

quinta-feira, setembro 30, 2004

(630) Páginas Soltas


   [Narração do marinheiro Ismael] "Estávamos assim deitados na cama, ora a conversar, ora a dormitar, e o Queequeg de vez em quando, afectuosamente, punha as suas pernas escuras e tatuadas sobre as minhas, e depois tirava-as, nós sentíamo-nos completamente livres e descontraídos, quando por fim perdemos completamente o sono, e sentimos vontade de nos levantar, apesar do raiar do dia ainda tardar."


HERMAN MELVILLE, Moby Dick, p. 77


Nota: foi agradável ter encontrado este pequeno trecho homoerótico quando apenas esperava ouvir falar de baleias. Infelizmente, a leitura está a ser difícil, porque a tradução é verdadeiramente má. Problemas de sintaxe, erros ortográficos, palavras em inglês (!), ausência total de revisão. Verdadeiramente escandaloso, especialmente numa colecção que se diz para os mais pobres. Eu já não volto a comprar desta colecção do Público.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)