nho Resistente Existencial: (614) Os Anos 90 (I)...

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

domingo, setembro 26, 2004

(614) Os Anos 90 (I)...


   ...foram uma década de grandes avanços para a comunidade gay, tanto ao nível da visibilidade como na luta pelos direitos cívicos. O desenvolvimento foi de tal ordem que é estranho pensar que em 1991 a homossexualidade ainda fazia parte da lista de doenças mentais da "World Heatlh Organisation" (deixou de o ser no ano seguinte). Foi também uma altura onde o radicalismo activista explodiu (com dezenas de "outings" políticos (em 1994 a organização "OutRage!" denunciou a homossexualidade de 15 deputados ingleses!) e onde o "backlash" dos conservadores e da Igreja se fez sentir com grande violência.

   Uma das formas de obter visibilidade sempre foram os media. Durante aquela década começaram a aparecer os primeiros filmes e programas de TV dedicados à comunidade gay. Foram importantíssimos não só para estes, mas também para começar a erosão da homofobia instituída. A lista que se segue agrega alguns desses filmes e "shows", um verdadeiro baú do tesouro para pessoas que, como eu, eram crianças na altura. Hoje, os anos de 1990 a 1992.

1990

Filmes:
"Oranges Are Not Only Fruit", de Beeban Kidron;
"Portrait of a Marriage", de Stephen Whittaker;
"Longtime companion", de Norman René;
"Paris is Burning", de Jennie Livingston (documentário).


Séries de TV:
"Out On Tuesday".


1991

Séries de TV:
"Out".


1992

Filmes:
"No Skin Off My Ass", de Bruce LaBruce.

Séries de TV:
"Ab Fab".


* Este "post" é baseado no artigo "gay life in the 90's", da revista Gay Times.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)