nho Resistente Existencial: (536) Economia de direita

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

segunda-feira, setembro 13, 2004

(536) Economia de direita


   Encontrei no blog americano swerve left alguns dados sobre a economia norte-americana extremamente interessantes, nomeadamente tendo em conta as movimentações que entre nós se fazem neste campo. Após quase quatro anos de governação neoliberal é dito que "real personal income has grown at 1.9% (last 12 months), but productivity has grown by 3 to 4%". Este é o resultado da indexação da produtividade ao aumento dos salários pretendido por Santana e Bagão, que apenas tem em conta o esforço dos trabalhadores e não o aumento do custo de vida. Consequentemente, «"From 2000 through 2003 the median household income fell by $1,500 (in 2003 dollars) - a significant 3.4 percent decrease. That information becomes startling when you consider that during the same period there was a strong 12 percent increase in productivity among U.S. workers.»

   Destes dados pode-se concluir o seguinte: o aumento da produtividade têm de ser acompanhado de um aumento real dos salários, tendo em conta a inflação, ou apenas resulta na perca real de rendimentos. Neste cenário, o esforço no aumento da produtividade só favorece terceiros. O nosso Governo pretende (ressalvando as devidas diferenças) seguir um programa semelhante ao norte-americano. O resultado é o esbatimento progressivo da classe média, criando-se um fosso cada vez maior entre ricos e pobres (cf. com o recente relatório sobre pobreza nos EUA.), que por sua vez abre caminho à segurança social caritativa. Tenham isto em conta quando mais logo ouvirem Bagão Félix a falar demagogicamente das finanças da família Portugal.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)