nho Resistente Existencial: (532) Bom dia

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

segunda-feira, setembro 13, 2004

(532) Bom dia


Angola

Uma voz que canta convoca a terra perdida.

Quase em surdina, evoca os secretos lugares

da infância;

o sítio onde pousavam os pássaros

o quintal cheio de estórias

e - lembras-te?- a tarde em chamas.



A voz murmura:

O exílio é onde nada se recorda de ti

Nada te diz:

sou teu/és meu

José Eduardo Agualusa
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)