nho Resistente Existencial: (528) Um grande erro...

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

domingo, setembro 12, 2004

(528) Um grande erro...


   foi o que cometi quando decidi que não fazia mal ver um daqueles filme que dão à tarde nas televisões nacionais. Já sei que estão a abanar a cabeça, mas é verdade, aconteceu. Já não via nenhum há muito tempo e tinha-me esquecido. Vi dois: Bicentennial Man e Escape from the planet of the Apes (bom, na realidade este vi na FOX). O primeiro é um "sentimental mush", verdadeiro concentrado de pieguice e moralismo primário. O segundo um (demasiado) típico filme de acção/ficção científica, tremendamente datado (é um original de 1971). Até aguentei o dos macacos, mas achei verdadeiramente insuportável a mistura de Robin Williams versão ainda mais lamecha e direcção de Chris Columbus (sim, aquele que estragou o Harry Potter). Enfim, para esquecer.

   De qualquer forma, notei algo interessante. Ambos os filmes têm como núcleo um tema recorrente no cinema. Estou a falar do receio humano de uma outra espécie (ou máquina) se desenvolver ao ponto de se tornar auto-suficiente e, por fim, acabar por nos dominar. Claro que, na boa tradição antropo(ego)cêntrica de um certo cinema popular, os "intrusos" conseguem isso através dum processo de "humanização". Depois, são dois os caminhos: ou se revoltam e são destruídos, ou se convertem e submetem às grandes linhas da "humanidade" (no caso de Bicentennial Man, trata-se de basicamente de casar...). Se pensarem um pouco, de certeza que encontram um ou dois títulos nesta linha.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)