nho Resistente Existencial: (522) Visto

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

sábado, setembro 11, 2004

(522) Visto


   Never Die Alone - Ernest Dickerson

   Um gangster "morto" que regressa, outro com bom coração, o chefe gangster sem escrúpulos. Pelo meio, o branco deslocado que vai servir de ligação entre todos, numa história de redenção pela violência. Never Die Alone é um cruzamento entre "Requiem for a Dream" e GTA.

   

   Envolto em referências do hip-hop, consegue surpreender pela pujança da narrativa (original e coerente), pela força de algumas boas interpretações, pela estética arrojada (filme negro, pautado por uma música agressiva, mas em sintonia com a história). Nem sempre é um filme equilibrado, especialmente quando parece glorificar as fantasias do hip-hop: violência, drogas e sexo. O motivo espiritual é um pouco tonto, mas reduzido ao mínimo. O filme começa com tradicionais cenas de poder e traição num gang "black" mafioso, mas prendendo-nos desde o início, por cairmos no filme sem sabermos nada acerca do passado das personagens. Apesar do fim previsível, a história de vida dos intervenientes, recontada através de engenhosos flashbacks, revelar-se-á surpreendente. Não tem data de estreia prevista em Portugal pelo que talvez passe (ou já tenha passado) para o circuito de vídeo. Se tiverem oportunidade, vale a pena uma espreitadela.

   Never Die Alone de Ernest Dickerson - *** (bom)
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)