nho Resistente Existencial: (492) Blogo Noticioso

Resistente Existencial

Extractos irónicos e provocantes acerca de política, sociedade, media, cultura e do umbigo de um desalinhado anjo caído.

quarta-feira, setembro 08, 2004

(492) Blogo Noticioso


I - Vaticano Alerta para a "Quarta Guerra Mundial" - Já não bastavam Bush, Sharon e Putin, agora vem Renato Raffael Martino, possível sucessor do actual papa, incentivar mais um bocadinho o subliminarmente desejado choque de civilizações e religiões. Alguém explica a estes senhores que as cruzadas já acabaram?

II - Saramago Pede Tolerância para Estreia do "Evangelho" no S. Luiz - Depois de "Ensaio Sobre a Cegueira", também disponí­vel em Lisboa, chega a vez do mais polémico livro do Nobel entrar em cena. Até 10 de Outubro, de 3ª a sáb., às 21h; dom. às 17h30. Bilhetes de 17 a 35 euros. Destaque também para a estreia de uma peça com Maria Rueff.

III - Bem-vindos à Casa da Infelicidade de Todd Solondz - «"Palindromes" é mais do mesmo (aborto, pedofilia, incapacidades físicas) mas com uma distância analí­tica arrepiante. Quem está em análise é o espectador. Todd Solondz, cineasta, é um palí­ndromo: de uma forma ou de outra, sempre o mesmo.» Depois de "Happiness" e "Storytelling", Solondz continua a sua análise destrutiva da moral e das convenções sexuais, entre a ironia e o choque repulsivo. Espero que estreie por cá.

IV - Um em cada cinco alemães gostaria de ter de volta Muro de Berlim - Ou quando a carteira coloca as pessoas acima da Humanidade.

V - Redactor chefe do diário Izvestia foi «obrigado» a demitir-se - O pecado do jornal russo foi mostrar na capa fotografias das vítimas e anunciar que eram 1000 os reféns em vez dos 300 oficiais. Tudo isso, segundo Putin, pintou uma imagem demasiado «demasiado radical e negativa» dos acontecimentos. Afinal quem é que despreza o valor das crianças?


Para reflectir


Abandono, por Eduardo Prado Coelho

Vemos o aumento do preço do pão (o que tem um terrível valor simbólico), assim como o da electricidade e dos transportes. Vemos que a necessária reforma do sistema das rendas para habitação vai ter consequências dramáticas a nível do quotidiano das pessoas. Ao mesmo tempo verificamos que os carros de luxo se vendem com extrema facilidade e que os andares topo de gama são rapidamente absorvidos pelo mercado. Daí que se sinta que a distância entre os ricos e os pobres se agrava, reforçando as injustiças sociais, e que ao mesmo tempo Portugal ocupa os índices mais desastrosos e miseráveis nas hierarquias que definem o progresso de um país.


Os criminosos, por Clara Ferreira Alves

O aborto não devia ser considerado uma prática criminosa, pelas razões que todas as campanhas de despenalização justamente invocaram, e por que se fosse aplicada a lei com rigor, não seriam as mulheres pobres e as parteiras as condenadas e sim uma boa parte dos ginecologistas deste país e das mulheres ricas que recorrem ao aborto em território nacional em «condições de segurança». O aborto pratica-se, mal e bem, os que o praticam mal são apanhados e os outros não e ponto final. A hipocrisia dos políticos que falam do aborto como violação de uma ordem moral intrínseca ao homem, seriam provavelmente os primeiros a ser apanhados caso pudéssemos entrar mais profundamente nas suas vidas. É sempre o caso bíblico do apedrejamento da pecadora, o que não tiver pecado que atire a primeira pedra.

Quero um desconto no IRS!, por Eduardo Moura

Quanto aos alunos e respectivas famílias, o Ministério mantém a informação de que o ano lectivo começará na data prevista. O que é uma atitude alucinada, pois parte do princípio que começar a meio gás, com os horários cheios de furos por ausência de professores, é o mesmo que começar.
Site Meter
A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal
  • Livro de Reclamações:

  • nunopinho(AT)vianw.pt

    (Substituir (AT) por @)